Professor do Ensino Superior AVALIAÇÃO DO DANO CORPORAL

Mamede Albuquerque

Rua de Tomar, nº 2, 3000/401 Coimbra
http://pmadac.com

917766093
mamede.albuquerque@gmail.com

Comunicações de Ortopedia de 1990 a 1992

Comunicações de Ortopedia de 1990 a 1992

"Syndrome des loges et système lymphatique" 

De colaboração com os Drs.  D. Rocha, A. Cardoso, F. Judas, J. Portela, J. Casanova, J. Quental, F. João, J. Neto, L. Teixeira e V. Carvalheira e os Profs. Doutores N. Canha e R. Branco - 11O Autor - (COMUNICAÇÃO À XII REUNIÃO DO GROUPE-MENT EUROPÉEN DE LYMPHOLOGIE -  1990).
Les auteurs ont analysé l'importance des syndromes des loges dans la pathologie traumatologique des membres. Après quelques considérations phisiopathologiques, les auteurs, ont établi la correlation clinique-biologique parmi les résultats obtenus par les déterminations de la tension interstitielle (slit catheter et méthode Whitesides) les données lymphocintigraphiques et les autres examens biologiques réalisés dans le chien et dans l'homme. Après une description résumée de la méthodologie utilisée ils ont présenté les résultats obtenus et l'application dans la pathologie ostéoarticulaire.

"Anomalies lymphoscintigraphiques dans la raideur articulaire pos-traumatique et pos-chirurgique du genou" 

De colaboração com os Drs. A. Cardoso e J. P. Lima, e os Profs. Doutores R. Branco e N. Canha - 2O Autor - (COMUNICAÇÃO À XII REUNIÃO DO GROUPEMENT EUROPÉEN DE LYMPHOLOGIE -  1990).
Les auteurs qui se sont consacrés à l'étude des modifications vasculaires verifiées dans la raideur articulaire pos-traumatique et pos-chirurgique du genou ont décrit les anomalies lymphocintigraphiques trouvées dans ce type de pathologie. Après une description résumée de la méthodologie utilisée dans 14 malades étudiés, ils ont présenté, les résultats obtenus. Ils ont donné un relief particulier à deux des anomalies trouvées dans la lymphocintigraphie articulaire indirecte fonctionnelle. Ils ont conclu que dans la raideur articulaire pos-traumatique et pos-chirurgical du genou il y existe une descente fonctionnelle lymphatico-veineuse qui pourra être contrariée par la chaleur, par le mouvement et par la compression. Ces facteurs peuvent être utilisés après le traumatisme articulaire or après la chirurgie orthopédique pour combattre la raideur articulaire.

"Articular lymphoscintigraphy and protein synovial fluid study in the ostheoarthritic knee"

De colaboração com os Drs. J. P. Lima, A. Cardoso e L. Silveira, e os Profs. Doutores N. Canha e R. Branco - 1O Autor - (COMUNICAÇÃO À XII REUNIÃO DO GROUPEMENT EUROPÈEN DE LYMPHOLOGIE -  1990).
The pattern in serum and synovial fluid was determined in a consecutive study of 25 patients suffering from progressive ostheoarthritis of the knee presenting with lymphoscin-tigraphic anomalies,. The study included total protein determination and electrophoresis. The data found in the lymphoscintigraphic articular study were compared with the values for the total protein of the articular fluid. The values for the intra-articular retention  showed the significant difficulty of the disappearance of the injected product in these pathological articulations. Results of inguinal nodal accumulation showed a significant accumulation in the ganglion nodes on the side of the diseased knee. This data shows a reduction in the transport capacity of the articular depuration system and an increase in the lymphatic load.

"Osso regenerado - cintigrafia. Nota prévia" 

De colaboração com os Drs. Serpa Oliva, Sílvio Dias, Martins Drogas, João Neto, Rosa Maria e Filomena Lopes e o Prof. Doutor Norberto Canha - 1O Autor - (COMUNICAÇÃO AO XII CONGRESSO NACIONAL DE ORTOPEDIA E TRAUMA-TOLOGIA - 1990).
Os autores descreveram a forma como tratam as pseudartroses infectadas da tíbia e do fémur com grande perda de substância óssea. Para terapêutica simultânea da infecção óssea, da pseudartrose e do encurtamento, procederam ao alongamento, em zona sã, com o aparecimento de um regenerado ósseo no local de osteotomia. Com a pretensão de estudar a evolução do referido regenerado, os autores ensaiaram um método cintigráfico que lhes permitisse conhecer o estádio de maturação óssea. Foi descrito o método utilizado e os resultados cintimétricos obtidos.

"Infecção osteoarticular - amputações. Alguns dados do problema" 

De colaboração com os Drs. Serpa Oliva, Sílvio Dias e Martins Drogas e o Prof. Doutor Norberto Canha - 4O Autor - (COMUNICAÇÃO AO XII CONGRESSO NACIONAL DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA - 1990).
Os autores, após uma revisão da casuística da Unidade de Patologia Séptica Osteoarticular do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital da Universidade de Coimbra, apresentaram as diversas vicissitudes evolutivas da sepsis osteoarticular. Referiram, com realce particular, a relativa frequência da evolução dos trajectos fistulosos crónicos para carcinoma espinho-celular. Salientaram a necessidade de vigilância destas situações e a importância de diagnóstico precoce numa terapêutica eficaz.

"Infecção osteoarticular - V.S./ P.C.R." 

De colaboração com os Drs. Serpa Oliva, Sílvio Dias e Martins Drogas e o Prof. Doutor Norberto Canha - 4O Autor - (COMUNICAÇÃO AO XII CONGRESSO NACIONAL DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA - 1990).
Os autores procederam a um estudo comparativo entre o valor da velocidade de sedimentação e o da proteina C reactiva, no seguimento da actividade biológica da infecção osteoarticular. A sua experiência demonstrou uma maior sensibilidade da PCR como indicador da actividade infecciosa na infecção crónica osteoarticular.

"Próteses totais infectadas - revisão - protocolos utilizados - resultados" 

De colaboração com os Drs. Serpa Oliva, Altino Santos e Martins Drogas e o Prof. Doutor Norberto Canha - 4O Autor - (COMUNICAÇÃO AO XII CONGRESSO NACIONAL DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA - 1990).
Os autores, após uma revisão da experiência acumulada, na  Unidade de Patologia Séptica Osteoarticular do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital da Universidade de Coimbra, no tratamento das próteses totais infectadas, apresentaram as diversas dificuldades sentidas no tratamento destas situações complexas. Deram realce particular aos protocolos que utilizaram, apresentando os resultados que com eles conseguiram obter.

"Infecção osteoarticular - operação de Papineau. Protocolos - resultados" 

De colaboração com os Drs. Serpa Oliva, Altino Santos e Martins Drogas e o Prof. Doutor Norberto Canha - 4O Autor - (COMUNICAÇÃO AO XII CONGRESSO NACIONAL DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA - 1990).
Os autores referiram-se, pormenorizadamente, aos diversos  protocolos para tratamento da infecção óssea, seguindo uma metodologia similar à defendida por Papineau. Apresentaram os resultados conseguidos na  Unidade de Patologia Séptica Osteoarticular do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital da Universidade de Coimbra na utilização do método referido. 

"Tratamento ortopédico-funcional pós-encavilhamento" 

De colaboração com os Drs. Taborda Seiça, Jorge Faísca, Cura Mariano, Carlos Cerca, António Neri e José Bacalhau - 7O Autor -  (COMUNICAÇÃO AO XII CONGRESSO NACIONAL DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA - 1990).
Os autores procederam à revisão dos resultados obtidos, na Unidade de Gessos Funcionais, no tratamento ortopédico-funcional pós-encavilhamento instável. Na sua casuística a maioria das situações referia-se a fracturas da perna tendo o período médio de intervenção funcional ficado pelos sessenta e nove dias. Depois de discutido o interesse na  associação dos dois métodos, focaram a complementaridade das duas técnicas no tratamento de fracturas diafisárias.

"Tratamento ortopédico-funcional pós-osteotaxis" 

De colaboração com os Drs. Jorge Faísca, Taborda Seiça, Cura Mariano, Carlos Cerca, António Neri e José Bacalhau - 7O Autor - (COMUNICAÇÃO AO XII CONGRESSO NACIONAL DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA - 1990).
Neste trabalho os autores apresentaram os resultados obtidos na Unidade de Gessos Funcionais relativos ao tratamento ortopédico-funcional após osteotaxis. Na sua casuística a maioria das situações referia-se a fracturas ou pseudartroses expostas da perna tendo o período médio de intervenção funcional atingido os cento e dezassete dias. Depois de discutido o interesse na associação dos dois métodos, concluiram que nos casos em que a gravidade das lesões tegumentares exige osteotaxis inicial o método ortopédico funcional pode permitir, resolvidos os problemas cutâneos, um efeito positivo no trofismo tegumentar-muscular e ósseo, corrigindo, rapidamente, a distrofia residual ocasionada pela fixação externa.

"Incapacidades - considerações gerais"

(CONFERÊNCIA SOBRE INCAPACIDADES - 2O CURSO DE MEDICINA DO TRABALHO - PATOLOGIA E CLÍNICA DO TRABALHO - 1991).
O autor, com o auxílio de alguns exemplos, referiu as regras utilizadas na fixação pericial das incapacidades temporárias e definitivas resultantes de acidentes de trabalho. Salientou as regras de valorização do dano permanente sobre a capacidade genérica e indiferenciada e as consequências profissionais das diversas sequelas osteoarticulares. 

"Patologia elementar do tornozelo - clínica e terapêutica"

(INTERVENÇÃO NO CURSO DE MASSAGISTAS, OLYM-PICA INTERNACIONAL - 1991).
Nesta Conferência o autor deu realce particular às entorses, tendinopatias e fracturas do tornozelo no atleta. Chamou a atenção para a necessidade de um diagnóstico atempado e de um tratamento correcto capaz de diminuir a perda de rendimento desportivo. Analisou os diversos factores favorecedores dos acidentes traumáticos do artelho (erros de treino, técnica deficiente, má adaptação ao terreno, falta de adequação do calçado ao terreno ou à anatomia do atleta, etc.) e a forma de obstar às complicações mais habituais neste tipo de patologia. 

"Traumatologia aguda do tornozelo - patogenia, diagnóstico e terapêutica"

(INTERVENÇÃO NO PROGRAMA DE FORMAÇÃO OLYM-PICA INTERNACIONAL - 1991).
O autor deu realce particular às tendinopatias do tornozelo, roturas, entorses e fracturas. Chamou a atenção para a necessidade de um diagnóstico lesional adequado e de um tratamento correcto e atempado como forma de evitar um longo afastamento do treino e a perda de rendimento desportivo pós-lesional.

"Transportes e Medicina do Trabalho"

(CONFERÊNCIA SOBRE PATOLOGIA OSTEOARTICULAR DO 2O CURSO DE MEDICINA DO TRABALHO - PATOLOGIA E CLÍNICA DO TRABALHO - 1991).
O autor referiu-se ao estudo das agressões físicas decorrentes do exercício laboral ligado aos transportes. Dentro da tradução possível da patologia articular mecânica própria do movimento, realçou particularmente os sindromas periarticulares, tunelares e ósseos ligados a este tipo de patologia. Valorizou a dor, a disfunção e a deformidade próprias do sofrimento das diversas estruturas articulares ligadas aos movimentos. Assim, no decurso da exposição, o autor definiu os diversos sindromas lesionais osteo-mio-articulares própios deste tipo de patologia.

"Tendão de Aquiles e seus problemas"

(INTERVENÇÃO NO CURSO AVANÇADO DE MEDICINA E TRAUMATOLOGIA DO DESPORTO - 1991).
 
O autor salientou as tendinopatias degenerativas  do corpo do tendão de Aquiles no atleta e as roturas do referido ligamento ocorridas em ambiente desportivo. Chamou a atenção para a necessidade de um diagnóstico atempado e de um tratamento correcto. Podendo traduzir uma afecção geral (metabólica, inflamatória), o autor referiu que as tendinoses são, na sua essência, provocadas por excesso de actividade física, em particular de natureza desportiva ("surmenage" desportiva, erros de treino, técnica deficiente, má adaptação ao terreno, falta de adequação do calçado ao terreno ou à anatomia do atleta, etc.). Chamou a atenção para alguns  factores favorecedores deste tipo de lesão (focos de  infecção, erros alimentares, falta de hidratação) e apontou os métodos para a sua prevenção.

"Fadiga e lesões musculares"

(INTERVENÇÃO NO PROGRAMA DE FORMAÇÃO OLYM-PICA INTERNACIONAL-1992).
Depois de rever os processos biológicos de adaptação ao esforço, o autor analisou os diversos tipos de fadiga que podem surgir no atleta, os seus fenómenos acompanhantes e os factores predisponentes. Salientou a forma da sua detecção e os meios de prevenir o seu aparecimento. Chamou a atenção para  os vários tipos de lesão muscular do atleta, formas de diagnóstico, prevenção e tratamento.