Professor do Ensino Superior AVALIAÇÃO DO DANO CORPORAL


Meio biológico ou ambiente articular na artropatia degenerativa do joelho

Meio biológico ou ambiente articular na artropatia degenerativa do joelho

(REVISTA DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA  17P, IB; 21-30, 1991).

Neste artigo o autor procede a uma revisão dos dados actualmente adquiridos na investigação que apontam para um esclarecimento significativo dos mecanismos da biologia condro-sinovial. Refere os actuais conhecimentos sobre a biologia dos diversos elementos constituintes do referido meio ambiente articular salientando as suas funções de amortecimento biológico articular e condro-protecção. Chama a atenção para as alterações da síntese celular, as modificações da matriz conjuntiva articular e a resposta irritativa condro-sinovial, realçando o desconhecimento, ainda hoje existente, acerca dos mecanismos mais íntimos da regulação trófica do ambiente articular, particularmente no que se refere às funções de clarificação do interstício articular e à regulação do conteúdo proteico dos tecidos condro-sinoviais.