Professor do Ensino Superior AVALIAÇÃO DO DANO CORPORAL

Mamede Albuquerque

Rua de Tomar, nº 2, 3000/401 Coimbra
https://pmadac.com

917766093
mamede.albuquerque@gmail.com

Mineralização óssea e fracturas dos membros

Mineralização óssea e fracturas dos membros

ABSTRACT

De colaboração com os Drs. Francisco Lucas, Paulo Lourenço, Jorge Faísca e Luís Pereira - 1O Autor - (ENDOCRINOL. METABOL. E NUTRIÇÃO, Supl, 22, 1995).
 
Os autores estudaram a mineralização  óssea (DEXA) de uma população em doentes do sexo masculino, internados numa enfermaria de Traumatologia, que apresentavam fracturas dos membros superiores e/ou inferiores. Os resultados da densitometria da coluna lombar obtidos revelaram valores normais em 53,3% dos doentes, osteoporose ligeira em 10%, osteoporose moderada em 23,3%, osteoporose marcada em 8,3% e osteoporose severa em 5%. Dos doentes com osteoporose moderada 42,8% tinham idades compreendidas entre 20 e 40 anos. Os valores obtidos na densitometria do fémur revelaram  valores normais em 75% doentes, osteoporose ligeira em 10%, osteoporose moderada em 11,7%, osteoporose marcada em 3,3% e ausência de traumatizados com osteoporose severa.