Professor do Ensino Superior AVALIAÇÃO DO DANO CORPORAL

Mamede Albuquerque

Rua de Tomar, nº 2, 3000/401 Coimbra
https://pmadac.com

917766093
mamede.albuquerque@gmail.com

Preparação de condrócitos para estudos in vitro - optimização de técnicas

Preparação de condrócitos para estudos in vitro - optimização de técnicas

De colaboração com os Drs. A. C. Santos, Prof. Doutor M. Beja e o Dr. S. Cabrita - 1º Autor - (REVISTA PORTUGUESA DE ORTOPEDIA  E TRAUMATOLOGIA, 1:1,109-113  1993).

Os autores estudam, comparativamente, algumas técnicas de isolamento de condrócitos a partir da cartilagem, para estudos posteriores. Foram testadas seis técnicas de extracção enzimática empregando tripsina a 4ºC (I), tripsina a 37ºC (II), tripsina-NaCI (III), tripsina-EDTA (V), pronase E (V) e hialuronidase (VI). O material estudado foi a cartilagem de ratinho BALB/C, com oito semanas. A cartilagem das orelhas e do esterno foi dissecada, pesada e submetida ao método seleccionado. O tratamento dos dados obtidos com o teste de Scheffe e Fisher permitiu concluir que a técnica com a extracção de maior número de células viáveis foi o método VI.